A filiação biológica é aquela que se forma pelo vínculo consanguíneo entre os pais e o filho. Quando o reconhecimento da paternidade biológica não é espontâneo, pode-se recorrer ao Judiciário para que o suposto pai seja submetido a uma perícia (exame de DNA) e, constatada a paternidade, pague pensão de alimentos e dê todas as formas de assistência ao filho.

Mais sobre Direito de Família